Pesquise neste blog

quinta-feira, 31 de maio de 2012

PMS AGUARDAM APROVAÇÃO DA LEI DE ANISTIA


Tramita no Congresso Nacional o Projeto de Lei nº 3579/2012, que garante anistia federal criminal para a policiais e bombeiros militares dos Estados do Maranhão, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro que participaram da greve ocorrida entre o final de 2011 e o início deste ano.

Apontado como um dos líderes do movimento no Ceará,  o capitão Wagner Souza foi a Brasília nesta terça-feira (29), para acompanhar o andamento do projeto. Ao Jangadeiro Online o  militar informou que a proposta já conta com parecer favorável do  relator, deputado federal Francisco Araújo do PSB (RR).
276 policiais indiciados
Na mesma terça-feira, o número de PM’s indiciados pelo Ministério Público Militar acusados de motim durante a greve chegou a 276.
Mesmo diante do número expressivo de policiais denunciados, Wagner diz acreditar naaprovação do projeto que garante anistia aos militares. “Apesar de ser um processo burocráticos nós estamos confiantes com a aprovação do projeto principalmente após o relator (Francisco Araújo) ter sido favorável a causa”, comemora.
Negociações
Em assembleia realizada no último sábado (26), os policiais militares decidiram estender para o dia 3 de julho, o prazo para que o Governo do Estado antenda as reivindicações da categoria. De acordo com o capitão Wagner Souza, das setes reivindicações acertadas com o governo para por fim à paralisação, somente duas foram atendidas. Uma nova assembleia está marcada para o dia 7 de julho.
O oficial também comentou a posição da categoria sobre uma possível greve. “Queremos a todo custoevitar que ocorra uma nova greve. Nós sabemos o problema que é a cidade ficar sem segurança e iniciar uma greve seria o último recurso, por isso, que estendemos o prazo com o Governo”.
Reivindicações
Os policiais reivindicam auxílio alimentação no valor de R$ 220, carga horária de 48h, planos de promoção, novo código de ética e o reajuste salarial referente aos anos de 2013 e 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO ...

PODE AINDA APROVEITAR ESSE ESPAÇO PARA FAZER DENÚNCIAS