Pesquise neste blog

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

BANDO INVADE AGÊNCIA BANCÁRIA EM TURURU


Fonte: DN
A agência do Banco do Brasil do Município de Tururu (a 124Km de Fortaleza) foi alvo, na tarde de ontem, da ação de uma quadrilha de assaltantes. Armado com pistolas e um fuzil, o bando invadiu o estabelecimento, que estava sem clientes devido à greve dos bancários, rendendo o vigilante e o gerente.

De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), quatro homens entraram atirando para cima e contra portas de vidro da agência. Enquanto uma parte do grupo agia dentro do banco, outros criminosos davam apoio na entrada do prédio.

Conforme o delegado Romério Moreira de Almeida, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a quadrilha desistiu do roubo. "Ainda não sabemos porque eles abortaram o assalto. Eles podem ter percebido a aproximação da Polícia ou descobriram que o cofre estava fechado e que nos caixas não havia dinheiro", disse Almeida.

Os assaltantes fugiram levando apenas a arma e o colete do vigilante. Assustados com a ação criminosa, moradores acionaram a Polícia, enquanto os bandidos fugiam em dois automóveis e uma moto.

Tocaram fogo
Em uma estrada carroçável, entre os municípios de Tururu e Uruburetama, um dos veículos usados pela quadrilha foi incendiado. Os ladrões continuaram a fuga a bordo de um Celta e na moto. Segundo a Polícia, uma mulher também faz parte do grupo de ladrões de bancos.

Após tomar conhecimento da invasão à agência bancária, policiais militares, destacados em Tururu, Uruburetama, Itapipoca, Sobral e Itapajé, foram acionados e iniciaram uma perseguição aos acusados.

Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) também foi deslocado de Fortaleza para auxiliar nas buscas. Patrulhas fizeram o cerco aos assaltantes na zona rural de Uruburetama (distante 127Km de Fortaleza), mas os bandidos conseguiram fugir. O comandante do 9º BPM (Itapipoca), tenente-coronel Edvar Azevedo, chefia as equipes na perseguição aos criminosos.

A Reportagem tentou contato com o comandante do 9º BPM, mas até o fim da noite, o celular do oficial permanecia desligado ou fora da área de cobertura.
Agentes da Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e inspetores da DRF foram deslocados de Fortaleza para iniciar a investigação sobre a tentativa de assalto com o objetivo de identificar e localizar os responsáveis pelo crime. 



Curta nossa página no Facebook - Instinto Policial

Um comentário:

  1. Parabéns ao guerreiro... tomara que o comando se lembre deste ato de bravura

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO ...

PODE AINDA APROVEITAR ESSE ESPAÇO PARA FAZER DENÚNCIAS