Pesquise neste blog

domingo, 23 de dezembro de 2012

DENARC JÁ APREENDEU MAIS DE UMA TONELADA DE DROGAS EM 2012.

O delegado lamenta que, a maioria destes traficantes presos foi solta por força de medidas judiciais. "A ´Gabi´, o ´Raimundinho´, por exemplo, estão novamente soltos e continuam agindo. A Polícia terá que fazer uma nova investigação para que eles sejam presos outra vez".

Dois homens presos pela Denarc no dia 15 de junho, identificados como Lindoberto Silva Castro e Gleidiano Mafarre da Silva Lima, que se diz pastor evangélico´ formam soltos no mês de novembro e, menos de um mês depois, foram presos novamente, suspeitos de assalto a banco em Palhano.


A Delegacia de Narcóticos (Denarc) deve encerrar o ano com números considerados animadores, por seu delegado titular, delegado Pedro Viana. Ao todo, 1.262 quilos de droga foram retirados das ruas em ações desta Especializada. Além disto, 105 pessoas foram presas por envolvimento ou associação para o tráfico de entorpecentes.




A maconha foi a mais apreendida, totalizando 1.175 quilos. Cocaína foram 57 quilos, e crack 30 quilos. Quatro ´laboratórios´ de fabricação e manejo de drogas foram fechados e as quadrilhas responsáveis por eles acabaram desarticuladas.

Conforme o delegado, prisões foram consideradas emblemáticas para Denarc neste ano. Dentre elas, estão a de Reginaldo Abreu Henrique, o ´Regis Pit Bull´, que chefiava o tráfico na Lagoa do Porangabuçu; de Antônio Lucivando Nunes da Silva, que chefiava parte do tráfico do Pirambu e da Praia do Cumbuco; de Raimundo Prudêncio Guedes, o ´Raimundinho da Padaria´, responsável pelo tráfico na Maraponga; e de Gabriela de Sousa Bonfim, a ´Gabi´, que junto com companheiro ´Leleco´, comandava todo o tráfico na Praia de Iracema e a Comunidade do Oitão Preto (Moura Brasil).

O delegado lamenta que, a maioria destes traficantes presos foi solta por força de medidas judiciais. "A ´Gabi´, o ´Raimundinho´, por exemplo, estão novamente soltos e continuam agindo. A Polícia terá que fazer uma nova investigação para que eles sejam presos outra vez".

Dois homens presos pela Denarc no dia 15 de junho, identificados como Lindoberto Silva Castro e Gleidiano Mafarre da Silva Lima, que se diz pastor evangélico´ formam soltos no mês de novembro e, menos de um mês depois, foram presos novamente, suspeitos de assalto a banco em Palhano.


Fonte: DN

Curta nossa página no Facebook - Instinto Policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO ...

PODE AINDA APROVEITAR ESSE ESPAÇO PARA FAZER DENÚNCIAS