Pesquise neste blog

domingo, 13 de janeiro de 2013

COTAR CAPTURA QUADRILHA SUSPEITA DE EXPLODIR E ASSALTAR BANCO DO BRASIL DE SENADOR SÁ.




Coincidência? Há um ano atrás ama quadrilha tentou furtar o mesmo Banco em Senador Sá e foi impedida pela ação da PM local.

No início da madrugada de sábado (12), um bando formado por cerca de 10 homens explodiu um caixa eletrônico de um posto avançado do Banco do Brasil no município de Senador Sá. Os bandidos instalaram clima de terror na pequena cidade, disparando tiros de armas de grosso calibre para todos os lados. Após explodir o caixa eletrônico e levar quase todo o dinheiro, a quadrilha fugiu em direção ao município de Massapê e ateou fogo em um veículo Fiat Siena usado na fuga, deixando atravessado na CE para dificultar a ação da polícia. 

Desde o início da ação criminosa, os policiais fazim diligências no sentido de capturar a quadrilha. O Coronel Gilvandro, comandante do 3º BPM, e o Major Assis Azevedocomandante da 3ªCIA/3ºBPM, determinaram que seus policiais fechassem o cerco contra os bandidos e cercassem toda a área, fazendo com que eles ficassem encurralados.
Já no final da noite de sábado (12), em menos de 24 hs após o assalto em Senador Sá, uma operação do Comando Tático Rural (COTAR) conseguiu prender próximo à cidade de Morrinhos-Ce, quatro acusados do assalto que inpôs pânico e terror naquela pacata cidade.

Porta-luvas, local onde o dinheiro
estava escondido
De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, foram presos na operação três homens e uma mulher, que no momento estava com uma criança de nove meses. Segundo os policiais, os acusados foram abordados em uma CE próximo à cidade de Morrinhos em um veículo Fiat Pálio de cor preta e placa de Fortaleza. No momento da abordagem os suspeitos estavam com aproximadamente R$ 100 mil tentando colocar dentro do porta luvas do veículo. "Havia várias cédulas que foram danificadas durante a explosão", disse um dos policiais . 

Foram recuperados cerca de 100 mil
Confira o nome dos suspeitos:
  • Francisco Ângelo Ramos Neto, 42 anos, natural de Aracajú-Se e reside atualmente na cidade de São Paulo;
  • Lucivaldo Ferreira da Silva, 32 anos, natural de Independência e reside também nno Estado de São Paulo;
  • Francisco Antonio de Oliveira, 35 anos, natural de Caridade e residente na cidade de Fortaleza;
  • Naiane Fernandes da Silva, 28 anos, natural de São Paulo e vive maritalmente com Francisco Antonio de Oliveira. No momento em que foi presa ela estava com uma criancinha de apenas nove meses.

    Veículo que os acusados estavam usando
    Todos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Camocim onde foram autuada por assalto a banco e serão transferidas para uma Delegacia especializada na cidade de Fortaleza onde será realizada uma investigação mais aprofundada.  


    CAMOCIM POLÍCIA 24hs


    Curta nossa página no Facebook - Instinto Policial

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO ...

    PODE AINDA APROVEITAR ESSE ESPAÇO PARA FAZER DENÚNCIAS